Páginas

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Primo pobre: como NÃO gastar dinheiro em viagens

Esses dias fiz um passeio em família... e como sou muito organizado, pesquisei os pontos turísticos gratuitos mais interessantes, horários, transporte... e todo o grupo me seguiu, concordando com a programação proposta pelo "guia" hehehehe :p

Foi um dia bem agradável, várias fotos e tudo mais. Saímos de manhã cedo e o dia rendeu bastante.

Família PD7 viajando (sim, o cachorro também foi).

No grupo, estava um daqueles primos que não tem nada, mas que ~~frequenta bons lugares~~, ~~coleciona relógios~~, só veste roupas de grife, reserva mesa em shows (cadeira é para os fracos), enfim... um cara desses andando comigo, é claro que vai dar problema, né? rs

Na parte da tarde, virando uma esquina, ele pediu pro grupo esperar enquanto ele entrava numa ótica... todo mundo ficou puto com a demora deboas... até que o elemento volta com uma sacola, e me disse que comprou um óculos de sol por 400 temers.

Eu fiquei bem surpreso, pois ele não comentou que estava procurando óculos... daí perguntei se ele pesquisou/comparou os preços direitinho antes de comprar. Ele respondeu todo debochado, dizendo que não precisava pesquisar... que "olhou, gostou e comprou".

Não precisa pesquisar? rs

Aliás, antes mesmo de pesquisar/comparar preços, temos que saber se o elemento realmente precisava do fucking óculos de sol... nos últimos dias, eu vi ele usando uns 2 ou 3 óculos diferentes, ou seja, absolutamente ele não precisava de mais um óculos. Notadamente ele não mede as consequências financeiras de suas decisões.

Apesar do primo estar esbanjando grana com compras aleatórias e desnecessárias, soube que ele pediu R$ 30k emprestado pra quitar dívidas esse ano (tapando o sol com a peneira)... é claramente um primo pobre, não apenas por ser financeiramente instável, mas especialmente por possuir péssimos hábitos de consumo.

Pensando sobre o ocorrido, reparei que as pessoas gostam de dizer "comprei esse XXX numa viagem pra YYY", pois vc ostenta duas vezes: uma falando da viagem, e outra falando da compra propriamente dita. É ridículo, não é?

***

Até o fds eu publico o meu fechamento de Julho!
Abraço!
PD7

13 comentários:

  1. Falae PD7,
    Eu poderia passar o mês aqui redigindo sobre experiência similares, seja com parentes ou amigos, na real as pessoas não tem essa ideia de pesquisar e fazer bons negócios. Mts amigos e familiares não entender e acham cansativo, perda de tempo, minha constante busca por ofertas. Quando eu preciso de algo, marco em um papel e aguardo o item entrar em promoção, seja mantimentos no mercado ou eletrodomésticos...
    Mas o X da questão é se o cara realmente precisa dos óculos e você mesmo já disse que é um puta enrolado e gastador, rs... Já fui assim, mas ainda bem que conheci o santo universo do investimento e da frugalidade, hehe..
    Eu caminho pelas ruas e vejo as pessoas e me pergunto:"Será que eles não percebem que estão perdendo tempo gastando tanto com tanta besteira?" Vejo jovens e adultos perdidos na corrida dos ratos e lembro de mim no passado, tenho mt pena da galera...
    Enfim, cada um tem seu momento para despertar, ou não, para a vida!
    Abraços parceiro!

    ResponderExcluir
  2. Poxa Pão, eu não apareço no seu blogroll, tão pobre que não tenho espaço lá...kkkkk. Vi que tem a galera dos 300k e os que estão abaixo, falta criar a minha categoria, os abaixo dos 100 reais, rs...

    ResponderExcluir
  3. Pãodurismo.

    legal saber que sua família é bem unida. A minha nunca se reúne no Natal ou Ano Novo, imagina viajar juntos.

    Concordo com você, o pessoal gosta de ostentar duas vezes com compras de objetos nas viagens que fazem

    ResponderExcluir
  4. As vezes a gente fala (com os amigos, pq pro resto não interessa) que compramos XXX na viagem YYY, pra dizer que se você vai mesmo comprar tal coisa (ex: um notebook) e vai viajar (ex: férias), vale a pena juntar $$, comprar um pacote em promoção (ou montar você mesmo) e comprar no exterior, a vista, com um belo desconto.

    Comprei meu computador assim. Claro q saiu metade do preço do que se tivesse comprado no BR e o pacote foi uma bela promoção; Com a diferença de preço, a viagem saiu bem mais em conta (lógico q fiquei uns 4 meses sem notebook, quando meu velho queimou, mas valeu a pena a espera).

    Mas conheço muita gente que é do mesmo jeito que você explicou no post hehhe
    Fora aqueles que falam: nossa, você viu o preço das coisas, tá tudo um absurdo, nem posso mais comprar meu caviar pra comer enquanto tomo meus chás trazidos diretamente da terra da rainha.
    Abc

    ResponderExcluir
  5. Fala PD7,

    Eu sempre olho na internet o preço pra ter uma base antes de comprar um produto, principalmente eletrônicos, onde conseguimos uma diferença de ate 30%. Ultimamente, comprar em loja somente se o valor for mais em conta ou se for igual, senao sempre sera por e-commerce.

    Abraços do BnA

    ResponderExcluir
  6. Cara, dá pra contar no dedo nos últimos anos as coisas que comprei em loja fisica, ainda mais sem pesquisar

    ResponderExcluir
  7. Desculpe, mas eu adoro situações assim, são muito engraçadas. É claro, é péssimo para a pessoa, mas eu acho cômico como uma pessoa cava a própria cova apenas para se mostrar para terceiros haha. Bem, espero que um dia ele leve um choque de realidade e pare de consumir estilo o Thor Batista, será que ele chega a precisar de 100k emprestado até lá ? Pelo bem dele espero que não, mas espero mais ainda pela minha diversão que sim.

    ResponderExcluir
  8. Quem nunca né, acho que todo mundo ja passou por situações desse tipo, eu dou risada "internamente" e fala nossa que legal essa "compra" e bola para frente, ja tentei ajudar muita gente, falando sobre investimentos e tal, mas no final entre por um ouvido e sai pelo outro, boa sorte para eles né..haha

    abs!

    ResponderExcluir
  9. E aí PD7!

    Aí, vê se não esquece de postar seu patrimônio pra entrar mês que vem! Teve até um hater lá que me acusou de ser fake. Cara tô rindo demais aqui, pra que eu ia me dar o trabalho de postar há pelo menos 2 anos em meu blog, sustentando uma mentira por tanto tempo? Não sei se é inveja, ou só querem encher o saco mesmo :D

    Sobre a postagem, isso é muito comum. Não falta gente na minha família que age como o seu primo. Inclusive alguns agiam na época de vacas gordas e hoje em dia sumiram, ou ficam segurando mesmo. Não ostentam mais como faziam. Que coisa, não? O negócio é não se deixar levar pelo consumismo desnecessário, por mais que a pressão seja grande.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Fala PD7 , esse aí jamais sairá da corrida dos ratos. Exemplo típico aqui do Huezil.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Já vi isso bem de perto PaoDurismo7...
    O estranho é pessoas assim com o sentimento "vencedor" sobre os outros

    ResponderExcluir